Qual a agulha certa?

25
Qual a agulha certa?

A costura não é só glamour, criatividade e diversão. Não, não.

Muito antes de ligar a máquina de costura temos que planejar cuidadosamente o que será feito e quais os materiais necessários.

Para que uma peça saia do molde e ganhe vida, é necessário preparar a máquina adequadamente, passar a linha, checar a bobina, separar os tecidos, tesoura, réguas, giz de marcação (sabonete funciona muito bem #dicasurpresa) e finalmente, a agulha adequada para o serviço.

Não adianta planejar cuidadosamente a confecção de uma peça, fazer tudo certinho e no final escolher a agulha errada ou utilizar uma agulha velha.

Item de manutenção

Antes de irmos efetivamente para a seleção das agulhas corretas, é muito importante lembrar que a agulha é um item que sofre alto desgaste e, portanto, deve ser trocado frequentemente. Em média, uma agulha irá durar cerca de 8 horas de costura, após esse período a ponta começa a se desgastar, causando pontos irregulares e enroscando no tecido.

Lembre-se, utilize sempre agulhas novas, suas peças ficarão mais bonitas e você estará preservando sua máquina de costura de possíveis danos.

Escolhendo a agulha certa

Costurar é um ofício extremamente ramificado, com diversas especialidades diferentes, por isso, as agulhas são feitas para acompanhar essa grande variedade. Mas, não importa a sua paixão pela costura, seguindo essas dicas, você conseguirá escolher a agulha apropriada para você.

Quando estiver preparando seus materiais e projeto de peça, considere o seguinte: se o tecido que você irá costurar é leve, médio, pesado ou elástico, a quantidade de camadas que serão costuradas e o tipo de ponto que será utilizado.

Com esses detalhes em mãos, você poderá escolher tranquilamente a agulha mais apropriada, por exemplo:

Se você irá costurar uma calça jeans, uma agulha para tecidos mais pesados vai ser necessária, por isso, escolheremos uma espessura mais resistente tamanho 16, nº 990416000, que possui uma ponta com formato que reduz a resistência à penetração dos tecidos e evita a quebra da agulha e dos fios.

Para tecidos mais finos, podemos escolher uma agulha menos espeça tamanho 9 com a ponta arredondada, o que faz com que ela escorregue por entre os fios do tecido ao invés de perfurá-los. O que é especialmente útil em tecidos de fio corrido que podem estragar caso um fio se rompa.

Agulhas

As agulhas de costura são bem variadas e especializadas, possuindo características específicas para as atividades às quais foram projetadas para exercer.

No entanto, enquanto suas diferenças são importantes, a estrutura base é compartilhada pela maioria das agulhas Janome. Por isso, antes de irmos para os que as tornam únicas, vamos às características que elas têm em comum.

Cabo: essa é a parte que encaixa na máquina de costura, ficando presa na barra de agulha pelo parafusa. Para garantir um encaixe perfeito, as agulhas Janome (com exceção da agulha industrial DB) possuem um lado chato.

Haste: abaixo do cabo, temos o corpo da agulha e sua espessura é determina pela numeração, ou seja, quanto maior a numeração, mais espessa é a haste.

Olho (furo): eis o ponto por onde passamos a linha. Quando operamos a máquina, é o olho que transporta a linha para dentro da caixa de bobina, formando o ponto. O tamanho do olho varia de acordo com o tamanho da agulha, para acomodar linhas mais espessas.

Côncavo: localizado na parte de trás da agulha, este é o local que permite que o gancho da bobina chegue bem próximo ao olho da agulha para capturar o laço da linha e formar o ponto. Ele pode ser mais amplo e profundo, como o das agulhas de ponta bola, feitas para costurar tecidos elásticos.

Ponta: essa é a parte que entra no tecido, podendo ter características distintas para cada tipo de tecido.

Agora que conhecemos as características que compõe uma agulha, vamos ver os tipos.

Agulhas especiais Janome:

Ponta azul: agulha extremamente versátil de tamanho #11, possui olho grande para acomodar linhas de bordado e é projetada para reduzir  o estresse e a tensão na linha, facilitando a passagem da mesma.

Ponta roxa: agulha flangeada (em forma de cabeça de cobra) tamanho #14, projetada especialmente para evitar pontos distorcidos (cílios) na parte de trás do seu projeto de quilting (colcha), sendo perfeita para quilting livre, além de possuir uma ponta em formato de bola que trabalha com maestria malhas pesadas e bordados densos.

Ponta vermelha: projetada para trabalhos mais densos, ela segue a mesma lógica da ponta azul, porém, com maior resistência e durabilidade. Esta é a agulha perfeita para trabalhar linhas metalizadas.

Categorias

Ponta bola: como o nome já diz, a ponta dessa agulha possui uma pequena esfera, projetada para separar as fibras do tecido ao invés de cortar, reduzindo furos de agulha no tecido. Perfeita para materiais elásticos, que estivam e malhas de trama fechada.

Agulha para jeans: projetada especialmente para trabalho pesado, essa agulha pode atravessar diversas camadas de tecidos sem quebrar. Ela possui um eixo robusto, olho delgado e uma ponta bem afiada.

Agulha para couro: com a ponta em forma de cunha garantindo um maior poder de perfuração, esta agulha foi projetada para atravessar couro, camurça, vinil, bem com outros materiais grossos e não tecidos.

Agulha para ponto decorativo: com o olho maior e canaleta mais larga, essa agulha irá acomodar melhor as linhas grossas de pesponto assim como as linhas decorativas especiais, como as metalizadas.

Agulha para overlock e galoneira: sim, essas máquinas possuem um conjunto de agulhas projetadas especialmente para elas, garantindo um acabamento perfeito nas peças.

Agulha universal: com a ponta ligeiramente arredondada e muito afiada, essa é a agulha perfeita para quando não existe uma agulha especializada para o que você quer fazer!

Claro, essa é uma pequena listinha com alguns exemplos cotidianos de agulhas que você irá encontrar na sua rotina de costura. É muito provável que você utilize uma variedade muito maior e depois de algum tempo costurando, saiba de cabeça qual agulha irá utilizar para cada tipo de costura.

Lembre-se sempre de seguir as orientações de segurança e manutenção para produzir o melhor resultado possível e preservar a saúde da sua Janome companheira de costura!

Janome, Apaixone-se!

Leave a reply