Peças atemporais para colocar no seu portfólio

84
Peças atemporais para colocar no seu portfólio

Inovar é bom. Ao trazer ideias novas para a mesa, você evolui sua capacidade criativa e produtiva, utilizando técnicas diferentes e referências diversas.

Como toda leitora do nosso blog bem sabe, nós somos amantes de costura criativa e de novos conceitos, porém, no entanto, entretanto, como diria Raul Seixas, este não é um texto sobre o novo.

Dessa vez, vamos focar em peças atemporais. Aquelas peças, que não importa a época, nunca saem realmente de moda e de tempos em tempos voltam com tudo para o centro das atenções.

Atemporais

Primeiro, vamos começar com uma definição simples sobre o que é algo atemporal.

Como a própria palavra já diz, é algo que está fora do domínio do tempo. Logo, podemos entender que peças atemporais não estão sujeitas ao “envelhecimento”. São peças que não ficam datadas e não trazem a ideia de algo ultrapassado.

Por isso, vamos à nossa primeira peça para exemplificar bem o conceito.

Calça Jeans

Uma boa calça jeans pode ser uma peça para a vida toda. Desde sua criação em 1792, o estilo original da peça pouco mudou e mesmo um exemplar produzido na época poderia facilmente ser utilizado hoje em dia que ninguém iria reparar que é uma peça com mais de 200 anos de idade.

Claro, durante esse tempo tivemos alguns designs que marcaram época, como a “boca de sino” nos anos 1970, mas enquanto essas versões ficaram marcadas em um tempo específico, o autêntico estilo original do jeans básico permanece.

Por isso, acreditamos que toda costureira que trabalhe com calças deveria ter um Jeans Básico em seu portfólio e repertório de habilidades. A peça não só é um clássico e extremamente requisitada por todos os públicos, como também é a base para o desenvolvimento de muitas ideias.

Camisa

Se os mais de 200 anos do Jeans no mundo da moda parecem muito, a camisa vem para quebrar todos os recordes. Os primeiros registros da peça datam de 3.500 A.C no antigo Egito, enquanto o modelo atual tem seus primeiros exemplares criados no século 17.

Com tanta história, não é surpresa que existem inúmeras variações da peça, algumas presas ao tempo e outras que mantém a atemporalidade clássica.

Atualmente a camisa é um item muito democrático, que pode ser usado como uma peça principal, complemento de um conjunto, “blusa” e até mesmo acessório. Além disso, o item veste bem tanto homens como mulheres, possuindo versões específicas para cada gênero, mas intercambiando perfeitamente, afinal, quem nunca viu uma cena de filme em que a mulher usa a camisa do parceiro como uma espécie de vestido?

História e versatilidade estão intimamente ligadas com a camisa, sendo uma peça especial que não pode faltar no seu portifólio de costura!

Jaquetas

As jaquetas são itens um pouco mais modernos, apesar de algumas versões antigas, a popularidade clássica e atemporal surge com as jaquetas de couro em 1913.

De lá pra cá, o item é um clássico que marcou diversos períodos e personalidades. O mega ator Marlon Brando era caracterizado pelas jaquetas utilizadas em seus filmes, assim como as gangues de motoqueiros e diversos outros grupos da cultura pop.

Não só do couro, temos versões em diversos tipos de materiais, do jeans às flanelas e todos os resultados são incríveis.

Dominar o corte e a costura de uma jaqueta pode ser uma arma poderosa no seu portifólio

Do simples ao incrível

Calças Jeans, Camisas e Jaquetas podem parecer as peças mais simples, básicas e universais que existem. Mas é isso que faz delas extraordinárias com, literalmente, séculos de história.

Dominar essas peças e desenvolver a partir delas será um recurso valioso para a sua criatividade. Lembre-se, toda grande obra nasce de conceitos básicos.

Janome, Apaixone-se!

 

Leave a reply