Ganhando com sua costura: Parte 2 – fotografia e identidade visual.

854
Ganhando com sua costura: Parte 2 – fotografia e identidade visual.

Gente, vocês seguem modelos de Instagram? Fofoquinha aqui da redação do blog Janome, mas a gente adooooora!

E se tem uma tendência que é bem legal é quando essas pessoas revelam fotos de como são no dia a dia, sem maquiagem, sem filtro e sem produção. A diferença é impressionante e só mostra o quanto uma produção adequada pode influenciar no resultado final.

Para quem já viu esses exemplos é fácil entender que o que funciona lá, funciona aqui e se você já é craque na costura, por que não adicionar um charme extra às suas peças com uma fotografia que explore toda a beleza delas?

Se você está a fim de melhorar o apelo visual das suas peças, fica com a gente que vamos te ensinar como tirar fotos caprichadas com o menor investimento possível!

 Equipamentos

Para criar fotografias interessantes existe um mínimo de equipamento que você vai precisar ter em mãos, mas não se preocupe, vamos deixar tudo bem fácil para você!

 Câmera

Sem câmera, sem foto. O primeiro item da nossa lista é algo que a grande maioria das pessoas já deve ter resolvido com um bom smartphone. A maioria dos aparelhos de hoje em dia consegue tirar fotos de boa qualidade, eliminando a necessidade de investir em uma câmera profissional inicialmente.

Claro, conforme você for crescendo, aumentar a qualidade das fotografias irá pedir por uma câmera de verdade, mas para o início, seu celular irá satisfazer muito bem suas necessidades.

 Suporte

Um bom tripé para celular pode ser adquirido de forma bem em conta em portais de compra como shopee, mercado livre ou aliexpress (mas tem muitas outras opções, lembre-se de pesquisar). Invista em um modelo que tenha uma boa regulagem de altura.

Tripés profissionais trazem uma série de recursos que podem ajudar nas fotografias, mas não serão necessários, portanto, só procure algo mais avançado quando começar a sentir necessidade real dos recursos que eles trazem.

 Iluminação

Se você pesquisou bem os suportes, vai ver que várias opções trazem alguma iluminação com eles e isso pode servir tranquilamente para fotos mais básicas.

Agora, se você quiser estilizar as imagens e ter mais recursos, é bem interessante investir em kits de iluminação com softbox, assim você consegue uma boa variedade de opções nas suas fotos.

Apesar do kit de softbox não ser necessariamente “caro”, você pode economizar um bom dinheiro fazendo os seus em casa! Existem vários tutoriais no YouTube que te ensinam como montar um softbox com canos de pvc, tecidos ou papel vegetal.

Ainda na parte da iluminação, rebatedores de luz podem ser feitos com tecidos brancos, papel alumínio (aqui você pode usar cores para mudar a ambientação da foto) e outros materiais caseiros.

 Cenário

Gente, se tem uma coisa que derruba uma boa foto é o cenário! Não usem superfícies irregulares de fundo e tenham muito cuidado com elementos que pode distrair a audiência ou em coisas pessoais que possam aparecer de fundo.

O jeito mais fácil para fotos de qualidade é montar um plano de fundos e tudo que você precisa são recortes de tecido. Geralmente, branco, preto, azul, amarelo e vermelho são as cores necessárias para criar contraste com a maioria das peças.

Com um pano de 2m x 2m você consegue criar um fundo infinito perfeito para suas fotos.

Agora, se você quiser usar algum cenário, pense em como montar a cena. Por exemplo, para expor um terno, você pode pensar em uma sala de estar com uma cadeira bem posicionada e um modelo sentado de forma imponente, capriche nos elementos de fundo e pronto, você tem uma cena muito interessante!

Capriche no cenário ou use fundo neutro que o sucesso é garantido!

Para peças muito pequenas você pode usar o estúdio portátil. Você encontra várias opções bem baratas e com iluminação pronta, mas também dá para ir na base dos tutoriais de YouTube e fazer o seu em casa!

 Modelos

O melhor modelo é aquele que não dá trabalho e destaca suas peças, por isso, nossa primeira recomendação é adquirir um manequim. Aqui vale escolher de acordo com o que você cria e qual o perfil dos seus clientes, existem manequins de vários tamanhos, gêneros, cores e etc. Escolha de acordo com o seu público e vá complementando conforme a necessidade.

Outra opção é pedir uma força para o seus amigos e realizar um ensaio da sua coleção.

Quando for utilizar modelos vivos, crie um roteiro das fotos, cenários e poses que você quer antes de ir para a sessão. Use referências de revistas e desfiles para escolher as posições e expressões faciais de quem for posar para você.

A posição com uma mãozinha na cintura e o sorrisinho tem seu papel, mas não deve ser usada para todas as fotos! Você trabalha com criatividade, explore outras opções!

Uma boa dica para se inspirar é utilizar o Pinterest, que é uma plataforma social para fotógrafos. Lá você encontrará diversos exemplos que você pode aplicar nas suas próprias fotografias. 

Para fotos em que o modelo é apenas a peça, você terá que explorar diversas configurações e ideias de disposição que exponham bem o produto e seus detalhes.

 Fotografando

A hora de fazer os clicks chegou. Nesse ponto, a principal dica é não economizar nas fotos!

Explore tantos ângulos quanto possível, mude a luz, mude a cena, mude as poses. Os primeiros passos para conseguir boas fotos é experimentar e descobrir quais configurações te agradam mais e complementam melhor as suas peças.

Lembre-se, essa é a parte divertida do processo, aproveite!

 Editando as fotos

Existem vários softwares e aplicativos que permitem editar as fotos. Escolha aquele que você tenha mais facilidade e vá adicionando opções conforme a necessidade de recurso.

Cuidado com cores estouradas e detalhes que podem se perder na hora da edição, busque sempre causar um certo impacto na foto.

Mostre aos amigos e colegas para ouvir críticas e opiniões, que você terá uma boa noção do que agrada mais ao público.

 Postando

Como nossas fotos irão para a internet, na hora de publicar capriche na legenda e nas hashtags, afinal, queremos chamar atenção de todos!

Dependendo a peça e do trabalho investido, contar uma historinha curta de como você chegou naquele modelo ou qual o desafio que você teve que superar podem ser bem atrativo para a audiência.

 Evoluindo

Fotografar tem seu charme e pode ser que muitas de vocês encontrem uma nova paixão para acompanhar o dia de costura.

Se você tem interesse em se dedicar, investir em alguns cursos de fotografia pode ajudar muito na qualidade das suas fotos e agregar um bom valor ao que você produz.

O essencial é fazer tudo com bastante dedicação e atenção, curtindo o processo!

Espero que tenham gostado e não se esqueçam de marcar a #JanomedoBrasil na hora de postar suas novas fotografias!

Janome, Apaixone-se!

 

 

 

 

Leave a reply