O que preciso para ter uma oficina de reparo?

221
O que preciso para ter uma oficina de reparo?

Estamos falando muito de empreendimentos e negócios no geral, e tem sido superdivertido, e claro, esperamos que você esteja aproveitando e tirando conhecimento produtivo de nossos artigos.

E como o momento atual pede por esse espírito empreendedor, vamos falar um pouquinho sobre um setor bem específico no mundo da costura, e com certeza, um dos mais requisitados, a oficina de reparo!

Falo isso com toda certeza do mundo, porque uma coisa é fato, roupa rasga, fica grande, fica pequena e outros tantos problemas que acontecem no dia a dia com peças que os clientes amam e não querem jogar fora ou deixar para pijamas que a demanda é constante, logo, montar sua oficina de reparo pode ser um mercado muito bom para explorar.

Quando falamos em itens essenciais de uma oficina de reparo, não estamos dizendo apenas os objetos e equipamentos, mas toda estrutura que há por trás de uma oficina, por isso, vamos por partes:

 

Materiais:

Obviamente, materiais são fundamentais, e serão o investimento inicial para você montar sua oficina, então, vamos aos essenciais:

  • Máquina de Costura (Sua querida Janome!);
  • Tecidos (em grandes variedades);
  • Linhas (em grandes variedades);
  • Agulhas e alfinetes;
  • Tesouras;
  • Fitas métricas;
  • Mesas (Para cortes e materiais);
  • Espelhos;
  • Computadores (Para organizar os pedidos);
  • Máquinas de cartão (Facilite as formas de pagamento);
  • (Aqui vale analisar sua demanda e como supri-la).

Montar uma oficina de reparos não é só a glória de uma agenda repleta de serviços e o doce pagamento de cada um deles, mas também envolve muito trabalho duro, principalmente para montar e equipar; e o investimento necessário precisa ser feito com cautela, escolhendo os essenciais para começar a trabalhar e ir melhorando os equipamentos e acessórios aos poucos a medida em que você vai oferecendo mais serviços.

 

Local:

Todos esses materiais necessitam espaço para serem armazenados, além do espaço necessário para trabalhar.

Se você não possui o espaço necessário disponível, alugar um salão comercial é uma boa opção, porém, devido a situação atual, é preciso cautela ao comprometer recursos financeiros.

 

Decoração:

Aparência vende!

Esse fato imutável do mercado tem que estar sempre em mente dos novos empreendedores. Um salão agradável, com os tecidos de mostra utilizados como decoração, porém, de maneira funcional, as máquinas e ambiente limpos, transmitem grande sensação de profissionalismo e confiança nos fregueses, por isso, quando montar seu cantinho, mesmo que não esteja aberto ao público de fato, gaste um tempinho deixando tudo bem bonito, pois, pode ajudar muito na hora de sair na foto (leia abaixo).

 

Marketing:

Seguindo o item acima, a forma como você irá divulgar seu negócio de reparos é muito importante, e nesse caso, redes sociais são suas amigas e para “bombar nas redes” uma oficina bem decorada que encha os olhos irá atribuir bons valores para você e seu serviço. Temos ótimas dicas de como divulgar seu negócio em um outro artigo aqui do blog, sobre como transformar seu hobby em dinheiro, vale a pena conferir.

Hoje em dia, há diversas comunidades de costura com gente de todo nível de experiência e que são muito receptivas aos negócios de colegas de costura, esses grupos são um bom ponto para começar e aprender com pessoas mais experientes.

Também é muito importante ter páginas profissionais do seu estabelecimento para mostrar seus trabalhos e divulgar promoções.

Lembre-se, quando estiver trabalhando em redes sociais, tudo que você fala é visto, por isso, mantenha sempre a calma, mesmo quando estiver lidando com pessoas difíceis, uma discussão mal interpretada na internet pode afetar negativamente seu negócio, enquanto uma resposta educada e uma boa resolução de problemas pode atrair diversos clientes!

 

Formalização:

Uma das decisões que vêm quando você está montando um negócio é se você deve ou não formalizar a sua empresa.

Atualmente no Brasil, a opção de Microempreendedor Individual (MEI) é uma excelente opção para começar o seu negócio, os impostos e taxas são pequenos e você pode emitir tranquilamente suas notas fiscais, além de ter um negócio regularizado e algumas opções para CNPJ no mercado, como celulares e linhas de internet empresariais e descontos na compra de um automóvel de serviço.

É importante ter muita atenção para a formalização do seu negócio, pois além de te manter em conformidade com as leis, você ainda pode colher alguns benefícios.

Caso decida por ir por um caminho formal, escolha um contador de sua confiança para te orientar sobre o processo e te manter a par das suas obrigações e das vantagens que você pode usufruir como MEI.

 

Considerações finais:

Para concluir, um negócio de sucesso é feito de um conjunto de fatores e estudar sobre o assunto nunca é demais.

Lembrem-se um serviço de qualidade, um atendimento diferenciado e uma apresentação bonita são fatores que trazem e mantém clientes. Por isso, não esqueça de nenhum desses pontos e mantenham-se ligadas no nosso blog para mais dicas sobre costura e como empreender com sua atividade favorita!

 

Até a próxima.

 

Janome, Apaixone-se.

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Leave a reply